Porquê o meu foco na saúde?

Isto de cuidar da saúde para mim é muito mais que uma moda ou um estilo de vida. É uma forma de fazer as pazes com anos de distúrbios alimentares, ao escolher amar o meu corpo e mente e honrar a minha saúde e bem estar. Durante anos odeiei o meu corpo. Perdi muito peso. Tive anorexia nervosa. Ganhei peso. Passei por um período de altos e baixos com bulimia, e ainda hoje em dia luto com compulsões alimentares, uma fase que me encontro a superar. Mas aprendi com toda esta jornada que o amor próprio e a mudança começam por dentro. Que mereço cuidar de mim. Que merecemos! Não quando tivermos o nosso corpo x ou y mas começar no hoje. Amar no hoje.

Gostar de mim através da saúde é uma das formas onde encontrei a paz com o meu corpo. Onde depois de anos e anos de maus tratos e danos irreversíveis faço o melhor que está ao meu alcance. Porque não importa a forma, o peso, se o dia foi bom ou mau, ele merece o melhor de mim.

Olha pelos teus hábitos, e o peso normaliza por ele.

Hoje era o dia em que ia começar o meu desafio sem açúcar. Mas hoje foi também o dia em que falhei. Por um simples motivo – não tive em conta os maus hábitos enraizados que tenho de mudar antes de ser bem sucedida. Pois é nos hábitos, na mudança destes que tem de estar a construção de um novo mindset.

Hoje também foi o dia em que tive a ideia péssima de me pesar depois de consumir açúcar. Muito açúcar. Mas foi dia de aprender também “olha pelos teus hábitos, não pelo teu peso”. Isto é se tiveres hábitos saudáveis, o peso é reflexo.

No meio de toda esta confusão de fome emocional e “falhas”. Percebi que o meu foco terão de ser os hábitos alimentares e as rotinas. Foi por isso que decidi apartir de amanhã mergulhar no mundo paleo. Onde já experimentei alguns dias a rotina e senti os meus padrões de fome totalmente saciados.

Nisto de encontrarmos o nosso caminho, relembro, o importante é escutarmos o nosso corpo e sabermos qual a estratégia que melhor funciona connosco.

30 dias sem açúcar

Das coisas que mais tenho feito ultimamente é escutar o meu corpo e mente. E o que mais noto com o regresso ao trabalho e um pico de crises de ansiedade em que me vi na última semana foi ver-me devorar pacotes de bolachas e chocolates.

Apesar de ter por base uma alimentação saudável, estou a lidei com a ansiedade sobre fome emocional. Isso mereceu um ponto final e um “faz as pazes com o teu corpo”, um reset. Um desafio de 30 dias sem açúcar. Não um whole 30 porque vou permitir lacticínios como kefir ou iogurte grego puro não açucarado (não há cá produtos lights altamente modificados), mas um desafio de 30 dias sem açúcar tendo por base a alimentação funcional e cetogénica. O meu conceito, o que o meu corpo pede é um voltar ao paladar natural dos alimentos puros e naturais. Alimentos reais. Quanto aos hidratos vou permitir papas de quinoa ao pequeno almoço, alternado com pudim de chia, e pão da phamchamama. Ao almoço e jantar as refeições serão típicas muitos legumes e uma dose média de proteína animal. Como snacks/lanches fruta e frutos secos.

É isto. É simples, não existe um único pacote de bolachas ou chocolate. (Nada contra, o meu corpo é que precisa de um descanso e de saúde que não tem encontrado nesses lugares).

São trinta dias de amor com nutrição. E não me parece custar de pensar em ovos com pasta de abacate… não me parece custar nada de nada deixar o açúcar! 😉

Que as nossas escolhas sejam feitas a escutar o nosso corpo. Sempre!

O começo

O saúde e abacate nasceu na verdade numa fase da minha vida de necessidade de dar a volta. De cuidar de mim. De começar a cortar no açúcar e por fim ao ciclo de compulsões alimentares de um distúrbio alimentar que me acompanha e ao qual ponho fim, de nutrir o meu corpo da melhor forma é tomar os suplementos certos para combater as minhas crises de ansiedade e pânico. A verdade é que há um ano atrás fiquei de baixa por esse motivo. Impossibilitada de ir trabalhar, e levar um dia a dia normal, com um distúrbio alimentar dei por mim com a saúde a zeros.

O saúde e abacate é o levantar. É o caminho, porque acredito que tudo é um processo. Um espaço de desabafos sobre comida e emoções, pois dou por mim no Instagram a partilhar tudo sobre o tema. Logo fez todo o sentido partir para este cantinho saudável e com abacates porque sim, porque a gordura saudável tem de deixar de ser tabu.

Bem vindos.